Elon Musk vende 20,000 ”lança-chamas”

Thumb Elon Musk vende 20,000 ”lança-chamas”

A façanha gerou US $ 10 milhões para o bilionário, apesar dos avisos do Home Office e dos políticos dos EUA

Elon Musk com os “lança-chamas” da empresa Boring arrecadou US $ 10 milhões. Vendendo as 20 mil unidades, apesar dos avisos do Home Office e dos políticos norte-americanos.

O executivo-chefe bilionário da Tesla, Space X e The Boring Company, tweetou na quinta-feira de manhã que todos os lança-chamas de US $ 500 estavam esgotados. Elon disse: “todos os lança-chamas serão enviados com um extintor de incêndio complementar”.

Elon Musk

O sucesso do lança-chamas

O sucesso do lança-chamas segue a venda de 50.000 bonés de beisebol, US $ 20 por peça.

Não foi de surpreender que a venda de lança-chamas não causasse controvérsia. Musk insistiu que “obviamente, um lança-chamas é uma idéia super-terrível”, alertando as pessoas para “definitivamente não compram uma … a menos que você goste de diversão”. Ele disse que o lança-chamas não disparou chamas além de 3,048 metros, então estava “A-OK” com o Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos dos EUA, levando alguns a especular que era uma versão elegante de um maçarico, em vez de um lança-chamas.

Um porta-voz da Boring Company disse à CNET que seu lança-chamas é “mais seguro do que o que você pode comprar na Amazon para destruir ervas daninhas. Muito parecido com uma montanha-russa, isso é projetado para ser emocionante sem perigo. Os lança-chamas perigosos já estão regulamentados e exigem uma licença na Califórnia. ”

Independentemente disso, o Home Office advertiu que os lança-chamas eram uma arma proibida e que era ilegal.

Elon Musk também enfrenta críticas nos EUA. Com o democrata Miguel Santiago tentando bloquear a venda do lança-chamas na Califórnia. O democrata diz que “se isso é real, estou indignado e você também deveria estar”. Se isso é uma piada, então é uma coisa terrivelmente insensível dado que estamos saindo da pior temporada de incêndios na história. De qualquer forma: ”NÃO É ENGRAÇADO. NÃO VAI ACONTECER.”

Com outro marco de vendas, sua empresa que foi estabelecida como “passatempo pessoal”, o magnata do negócio sul-africano provocou dizendo que a próxima façanha da sua empresa Boring, poderia ser outra arma vinda dos vilões de livros de fantasia.

Fonte: www.theguardian.com

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: